Publicidade

Treinamento de força na base do Futsal







O esporte é uma das maiores paixões do brasileiro. A sua grande audiência nas competições influencia a prática, seja de maneira profissional, seja amadora. Nesse cenário, o treinamento desportivo é um ramo da educação física que tem como objetivo planejar a rotina de exercícios de um indivíduo, respeitando as suas especificidades e os seus objetivos.

O esporte é comumente associado aos profissionais de alto rendimento, como jogadores de futebol e atletas olímpicos. Porém, um bom treinamento desportivo traz diversos benefícios para qualquer indivíduo, que impactam diretamente a qualidade de vida e de trabalho de cada um.
Todo profissional ou pessoa que desejar melhorar o desempenho de um atleta deve ter como preocupação primária, o desenvolvimento da força. A utilização de vários métodos de desenvolvimento de força leva a um crescimento mais rápido, cerca de 8 a 12 vezes mais que usar apenas capacidades disponíveis para certo desporto. Desta forma, o Treinamento de Força é um dos mais importantes componentes do processo de formação de atletas.

O futsal hoje é um esporte que faz parte da cultura brasileira exercendo uma grande influência na formação dos jovens. Observa-se que a cada ano ocorre um aumento considerável de crianças e jovens participando de programas de treinamento e iniciação esportiva.

Para que o jovem tenha um desenvolvimento psicofísico harmonioso, deve-se dar a ele uma dose de movimento, de maneira controlada e planejada

O treinamento de força em crianças e adolescentes tem obtido aceitação e popularidade principalmente porque os ganhos em força podem ocorrer, o desenvolvimento ósseo pode ser acentuado e as lesões em outros esportes e atividades podem ser prevenidos com o aperfeiçoamento de programas de treinamento apropriados. Quando planejar um programa, considere o desenvolvimento e as diferenças físicas entre as crianças, a tolerância ao exercício e os aspectos de segurança, de tal modo que as lesões agudas e crônicas sejam minimizadas e os benefícios para os participantes sejam maximizados.

Existem evidências científicas que o treinamento de força em adolescentes pode ser benéfico, desde que bem organizado e planejado, para contribuir no desenvolvimento harmonioso dos movimentos e da parte estrutural do indivíduo. Deve-se ter atenção especial no uso de sobrecargas e na execução dos movimentos nos exercícios, pois o não cumprimento destes pode levar a lesões e ao desinteresse da criança e do adolescente a prática da atividade.

É importante considerar que um programa de treinamento de força apresenta-se de grande valia para atletas jovens em crescimento, maturação e desenvolvimento neuromotor, já que nesta fase o aspecto de condução dos estímulos neuro-sensoriais e motores estão em formação, pois o treinamento de força produz um avanço na adaptação neuromuscular, assim como melhora da coordenação e aumento da densidade mineral óssea.

Diversas pesquisas são necessárias no futsal com o sentido de buscar melhores soluções e apresentar resultados concretos a respeito do treinamento de força nas categorias de base, visto que as exigências para se ter um atleta bem preparado o mais cedo possível são inúmeras, fazendo com que muitas vezes o processo de aprendizagem e desenvolvimento do indivíduo seja acelerado, apresentando as consequências deste treinamento precoce futuramente.

Diante disso o papel do profissional de educação física é de conhecer, elaborar e orientar o programa de treinamento de forma segura, e que promova benefícios para as crianças e adolescentes, sem deixar o lado lúdico de fora, e incorporando aos poucos a especificidade que a modalidade impõe, favorecendo que estes indivíduos quando adultos possam ter além do rendimento esperado uma vida saudável.




Você não pode perder:

Ebook Gratuito: Atividades para Futsal na Escola
Receba primeiro os posts deste Blog
Grupos de Whatsapp sobre Esportes



Comente:

Nenhum comentário